Algumas novidades do memoQ 4.5

Ontem acompanhei o primeiro webinar da Kilgray sobre o memoQ 4.5, que deve ser lançado mês que vem. São vários recursos novos, incluindo:

  • * Licenças móveis para a versão servidor. O cliente pode mandar uma licença temporária para tradutores que não tenham uma licença própria do memoQ, com validade apenas para aquele projeto. Depois ela perde a validade.
  • * Não será mais preciso alinhar documentos antes da tradução para gerar uma TM de referência. Agora será possível incluir pares de documentos, um em cada idioma, e o alinhamento é feito (e pode ser corrigido) durante a tradução. Esses documentos podem ser de qualquer dos tipos abertos pelo memoQ: doc, xls, html, pdf, etc.
  • * Documentos monolíngues também podem ser usados como referência. Pelo que entendi, será algo parecido com a “reference search” (control + shift + N) do WordFast. Já usei muitas vezes e acho muito útil para quando o cliente manda vários arquivos de referência. Também podem ser de todos os formatos abertos pelo memoQ.
  • * TM reformulada. Análise e pré-tradução dos arquivos serão muito mais rápidas, e as TMs poderão ser invertidas e usadas como referência em outros projetos.
  • * Possibilidade de trabalhar offline em projetos online. O tradutor vai poder sincronizar os arquivos periodicamente com o servidor.
  • * Integração com o Google Translate. A pedido dos tradutores, a Kilgray incluiu a integração com o memoQ nessa nova versão. Mas enfatizou, com todas as letras, que não é favorável ao seu uso, por causa das questões de confidencialidade envolvidas.
  • * Para os tradutores da América Latina, uma boa notícia a mais para aqueles que, como eu, já compraram há mais de um ano e, portanto, não teriam direito à atualização: o preço da renovação da licença vai se basear no preço promocional. Ou seja, a renovação custará US$ 90,00.

Se você ficou interessado e quiser saber mais, a Kilgray vai fazer outras apresentações no dia 27 de setembro e no dia 4 de outubro. Inscreva-se, são gratuitas.

Tags , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *