Como gerar um arquivo .doc com controle de alterações

É comum os clientes pedirem revisão dos textos com a opção de controle de alterações (track changes) ativada, para que ele, cliente, e o próprio tradutor possam visualizar mais facilmente o que foi alterado.

Mas e quando o revisor não usa esse recurso? Como saber o que foi alterado sem cotejar o texto todo?

O próprio Word tem um recurso para isso, a função “Comparar”. No Word 2007, fica na aba “Revisão”.

Comparar, no Word 2007

Depois especifique os arquivos (original e revisado), os parâmetros desejados, se quer as correções em um novo arquivo ou no existente:

Word 2007, detalhes de "Comparar"

O resultado será um arquivo com as correções destacadas, como se tivesse sido feito com o controle de alterações ativado.

Comandos e atalhos do Word

Para ver em tela cheia, clique em Menu, no canto inferior esquerdo da apresentação, depois em View Fullscreen. Se quiser fazer o download do PDF, clique em View on SlideShare, no canto inferior direito. No site do SlideShare, o link para download fica logo acima da apresentação.

A tabela traz os principais comandos e atalhos do Word 2000, 2003 e 2007 (Windows). Para a versão Mac, alguns dos comandos funcionam trocando Control por Command.

Correção ortográfica durante a digitação no MemoQ

Antes de mais nada, me desculpem os que não usam o MemoQ. Tenho trabalhado muito nele e participado de vários webinars, então estou aprendendo bastante sobre a ferramenta.

A dica de hoje foi dada no webinar avançado desta semana: como fazer correção automática no MemoQ durante a digitação.

Apesar de poder usar o corretor ortográfico do Word como padrão, para a correção “on the fly” o corretor usado pelo MemoQ é o Hunspell.

Para instalar e ativar:

1. Clique em Tools / Options / Spell Settings. Marque a caixa Check spelling as you type.


2. Em Settings for language, selecione o idioma desejado. Depois, clique no link Look for more dictionaries online.

3. Na janela que se abre, clique em Check. Selecione os dicionários desejados dentre as opções apresentadas e clique em Download checked items.


4. Depois, apenas selecione os dicionários que quer ativos em cada projeto. No meu caso, deixo o de PT-BR.


Observe que Use MS Word for spelling in this language está marcado. A opção vale apenas para a correção ortográfica normal, ativada por F7 ou pelo menu Translation / Spelling.

Outra dica: depois de terminar a tradução, costumo exportar o arquivo como bilíngue (SEM formatação), abrir no Word e usar a correção ortográfica E gramatical. Depois é só reimportar o arquivo corrigido no MemoQ. Acho que, assim, a correção fica mais completa.

Como importar a lista de autocorreção do Word no MemoQ

A lista de autocorreção do Word sempre me ajudou a corrigir erros de digitação recorrentes e inserir trechos repetitivos, muito antes de trabalhar com as CATs e seus glossários.

O MemoQ também tem um recurso de autocorreção, que pode ser acessado em Resource Console / AutoCorrect lists. Originalmente, os termos precisam ser incluídos na lista um a um. Com pouquíssimo trabalho, porém, é possível importar toda a lista de autocorreção do Word de uma só vez. Vamos ao passo-a-passo:

1. Abra o Word. Com um documento em branco aberto, tecle Alt+F11. O comando abre o editor do Visual Basic, como na imagem abaixo.


2. Na janela maior, copie e cole a seguinte rotina do VBA:

Sub InsertAutoCorrectEntries()Dim ACE As AutoCorrectEntry
‘ Create new document.
Documents.Add

‘ Iterate through AutoCorrect entries.
For Each ACE In Application.AutoCorrect.Entries
‘ Insert each entry name and its value on a new line.
Selection.TypeText ACE.Name & vbTab & ACE.Value & ” ” & vbCr
Next

‘ Format document for three columns.
With ActiveDocument.PageSetup.TextColumns
.SetCount NumColumns:=3
.EvenlySpaced = True
.LineBetween = True
.Width = InchesToPoints(1.67)
.Spacing = InchesToPoints(0.5)
End With

‘ Set TabStop for all three columns.
ActiveDocument.Paragraphs.TabStops(InchesToPoints(0.88)).Position = _
InchesToPoints(0.88)

End Sub

3. Clique no botão Executar (a setinha verde da barra de menu). A rotina vai abrir um novo arquivo do Word com todos os termos do arquivo de autocorreção, em três colunas. Algo assim:


A rotina vai recuperar a lista de autocorreção para o idioma padrão do Word. Se quiser fazer a lista para outros idiomas, só precisa trocar o idioma padrão, alternar para a tela do editor do VBA e clicar novamente na setinha verde.

4. Feche o editor de VBA.

5. Salve o arquivo criado pelo Word com extensão .txt (Autocorreção.txt, por exemplo). Na janela de opções que se abrirá, escolha:

6. Feche o arquivo no Word e depois abra novamente (mantendo a codificação Windows padrão). Ele agora terá esta aparência:

7. Inclua o cabeçalho para que o MemoQ entenda sua lista de palavras como lista de autocorreção:

 
<MemoQResource ResourceType="AutoCorrect" Version="1.0">
 <Resource>
     <Guid>e06fdc4d-9afe-47b2-994e-337016b68939</Guid>
     <FileName>por-BR#NOME.mqres</FileName>
     <Name>NOME</Name>
     <Description />
     <Language>por-BR</Language>
 </Resource>
</MemoQResource>

NOME pode ser substituído por qualquer outro nome; por-BR é o código para português do Brasil.

A lista vai ficar assim:

8. Salve, mantendo a extensão txt.

9. No MemoQ, abra o Resource Center, depois AutoCorrect lists. Clique em Import new. No tipo de arquivo, selecione All files (*.*) e clique no arquivo texto criado. Clique em Abrir/Open. Escolha um nome para a lista e clique em OK.

Se não ocorrer nenhum erro no meio do caminho, o MemoQ agora usa sua lista de autocorreção do Word.

Em tempo: testei no Word 2007, tanto com Windows XP quanto com Windows 7. Não acho que com versões anteriores do Word dê algum problema.