Dicas para pesquisa avançada no Google

Tenho percebido, lendo as listas e fóruns de tradutores, que muitos colegas não usam os recursos avançados do Google. Alguns não usam nem os básicos, mas isso já é outro problema.

Os operadores avançados permitem filtrar os resultados, acelerando muito a pesquisa. E, nós sabemos bem, tempo é dinheiro.

Os que mais uso são:

AND (dispensável, na verdade, por ser o padrão de busca do Google)
Procura ambos os termos. Ex: arroz feijão (traz as páginas que tenham arroz E feijão)

OR
Procura qualquer um dos termos. Ex: arroz OR feijão (traz as páginas que tenham arroz OU feijão)

Aspas
Procura a expressão exata. Ex: “arroz com feijão”

– (exclusão)
Exclui da pesquisa os resultados com o termo que vem depois do sinal de menos. Ex: arroz -feijão (exclui dos resultados páginas com feijão)

+ (inclusão)
Pesquisa a grafia exata da palavra. Ex: feijão +carioquinha (exclui carioca, por exemplo, dos resultados)

– (hífen)
Pesquisa os termos na ordem indicada, estejam eles na mesma palavra, em palavras consecutivas ou hifenizados. Ex: fire-fight (traz resultados com firefight, fire fight e firefight)

* (curinga)
Útil para pesquisar collocations e expressões consagradas. Ex: arroz * feijão (os resultados serão páginas com “arroz e feijão”, “arroz com feijão”, “arroz sem feijão”)

define:
Busca definições e entradas em glossários. Ex: define:feijão

site:
Busca as ocorrências dentro de um site ou domínio específico. Ex: feijão site:cybercook.com.br, feijão site:.com

Uma outra alternativa, que às vezes dá bom resultado, é pesquisar o termo no idioma original, incluindo a área a que se refere, no idioma de destino (bean culinária, por exemplo). Repare que, neste exemplo, o resultado seria diferente se usasse o operador + para considerar apenas culinária, excluindo culinaria e cullinaria.

Pode-se também usar dicionário e/ou glossário junto com o termo desejado (ou glossary/dictionary, ou o equivalente no seu idioma de trabalho).

Se por acaso esqueci algum operador, ou se quiser sugerir alguma outra opção de pesquisa, deixe uma mensagem nos comentários. Aprender nunca é demais.

Um último lembrete: use sempre o bom senso para filtrar os resultados do Google e decidir o que usar. Nem sempre um termo está correto só porque “está no Google“.

A pesquisa de livros do Google

O Google tem um recurso muito interessante, mas ainda pouco usado: a pesquisa em livros. Ele traz livros com visualização total, parcial ou sem visualização nenhuma do conteúdo, em todos os idiomas e sobre todos os assuntos.

E, tendo uma conta do iGoogle (um endereço do gmail resolve o problema), você pode também criar sua biblioteca, com os títulos que quiser. Para incluir livros à sua biblioteca “particular”, clique no link “Adicionar à minha biblioteca”, usando a “Visualização de lista”.

Quando for pesquisar, pode optar por pesquisar em todos os livros do acervo ou só naqueles selecionados. Para isso, clique no link “Minha biblioteca”, no alto da página, à direita.

Eu comecei a minha hoje. Para acessá-la, clique aqui.

Babylon

Já faz tempo que desinstalei o Babylon do computador. De modo geral o Lingoes é melhor (além de ser gratuito), mas eu sentia falta dos glossários temáticos do Babylon, que às vezes lançam uma luz sobre aqueles termos esdrúxulos que caem no nosso colo e não sabemos nem por onde começar a procurar.

Pois eu acabei de descobrir, por acaso, que a busca online do Babylon inclui vários desses dicionários temáticos. Só não consegui descobrir como filtrar a busca, como no programa instalado. Existe a opção de dizer qual dicionário você quer, mas eu pessoalmente prefiro especificar o que eu não quero.

De qualquer forma, fica a dica: http://dicionario.babylon.com/

Você também pode incluí-lo na caixa de pesquisa do Firefox, usando a extensão Add to search bar. Depois de instalar a extensão e reiniciar o navegador, vá até o site do Babylon e clique com o botão direito dentro da caixa de pesquisa. Escolha “Add to search bar…” e confirme na janela pop-up que vai aparecer.

Pronto, seu Firefox agora pesquisa diretamente no Babylon (ou de qualquer outro site que quiser, na verdade).