Novos recursos do Google

O Google anunciou, ontem, novos recursos para refinamento das buscas. Ainda não está disponível no Google Brasil, mas não deve demorar muito. Até lá, usamos o google.com ou o google.co.uk.

Vou usar, aqui, o mesmo exemplo que usaram na apresentação, o telescópio Hubble, por causa da variedade de material disponível. Para ver as novas opções, clique em “Show options…”, acima dos resultados da busca.

O que você vai ver é:

Na coluna da esquerda, agora aparecem opções para:

– Tipo de conteúdo: vídeos, fóruns de discussão e análises (artigos, Wikipedia, etc.)
– Filtro cronológico: você pode restringir para resultados recentes, das últimas 24 horas, última semana ou último ano
– Resultados padrão, com a opção de ver as imagens de cada página (mais ou menos uma mistura com o Google Imagens)
– Tipo de visualização: padrão, buscas relacionadas, wonder wheel (com a separação dos assuntos, dentro de sua busca) e timeline (traz os resultados em ordem cronológica).

Acho que para nós, tradutores, as opções de restrição por data, visualização das imagens da página e wonder wheel são as mais interessantes.

Restringir os resultados por data pode ser extremamente útil quando pesquisamos terminologia recente, por exemplo. A busca cronológica talvez seja útil para tradutores que lidem com textos antigos, para saber quando determinado termo começou a ser usado, ou para pesquisas históricas.

Eu, particularmente, gostei muito da wonder wheel (além de estar curiosa para saber como ficará o nome em português). No mesmo exemplo do Hubble, a “roda” inicial era:

Depois de selecionar os papéis de parede, mandei restringir aos papéis de parede da Nasa:

Observe que à direita já aparecem os resultados, inclusive com imagens.

Sim, eu sei que muito disso tudo já podia ser feito antes, com as opções avançadas. Mas a diferença, agora, é que ficou mais intuitivo e fácil de visualizar.

O ruim (sim, quase tudo tem um lado negativo, infelizmente) é que agora também ficou muito mais fácil se distrair em meio a tanta informação, imagens e vídeos.

Dicas para pesquisa avançada no Google

Tenho percebido, lendo as listas e fóruns de tradutores, que muitos colegas não usam os recursos avançados do Google. Alguns não usam nem os básicos, mas isso já é outro problema.

Os operadores avançados permitem filtrar os resultados, acelerando muito a pesquisa. E, nós sabemos bem, tempo é dinheiro.

Os que mais uso são:

AND (dispensável, na verdade, por ser o padrão de busca do Google)
Procura ambos os termos. Ex: arroz feijão (traz as páginas que tenham arroz E feijão)

OR
Procura qualquer um dos termos. Ex: arroz OR feijão (traz as páginas que tenham arroz OU feijão)

Aspas
Procura a expressão exata. Ex: “arroz com feijão”

– (exclusão)
Exclui da pesquisa os resultados com o termo que vem depois do sinal de menos. Ex: arroz -feijão (exclui dos resultados páginas com feijão)

+ (inclusão)
Pesquisa a grafia exata da palavra. Ex: feijão +carioquinha (exclui carioca, por exemplo, dos resultados)

– (hífen)
Pesquisa os termos na ordem indicada, estejam eles na mesma palavra, em palavras consecutivas ou hifenizados. Ex: fire-fight (traz resultados com firefight, fire fight e firefight)

* (curinga)
Útil para pesquisar collocations e expressões consagradas. Ex: arroz * feijão (os resultados serão páginas com “arroz e feijão”, “arroz com feijão”, “arroz sem feijão”)

define:
Busca definições e entradas em glossários. Ex: define:feijão

site:
Busca as ocorrências dentro de um site ou domínio específico. Ex: feijão site:cybercook.com.br, feijão site:.com

Uma outra alternativa, que às vezes dá bom resultado, é pesquisar o termo no idioma original, incluindo a área a que se refere, no idioma de destino (bean culinária, por exemplo). Repare que, neste exemplo, o resultado seria diferente se usasse o operador + para considerar apenas culinária, excluindo culinaria e cullinaria.

Pode-se também usar dicionário e/ou glossário junto com o termo desejado (ou glossary/dictionary, ou o equivalente no seu idioma de trabalho).

Se por acaso esqueci algum operador, ou se quiser sugerir alguma outra opção de pesquisa, deixe uma mensagem nos comentários. Aprender nunca é demais.

Um último lembrete: use sempre o bom senso para filtrar os resultados do Google e decidir o que usar. Nem sempre um termo está correto só porque “está no Google“.

A pesquisa de livros do Google

O Google tem um recurso muito interessante, mas ainda pouco usado: a pesquisa em livros. Ele traz livros com visualização total, parcial ou sem visualização nenhuma do conteúdo, em todos os idiomas e sobre todos os assuntos.

E, tendo uma conta do iGoogle (um endereço do gmail resolve o problema), você pode também criar sua biblioteca, com os títulos que quiser. Para incluir livros à sua biblioteca “particular”, clique no link “Adicionar à minha biblioteca”, usando a “Visualização de lista”.

Quando for pesquisar, pode optar por pesquisar em todos os livros do acervo ou só naqueles selecionados. Para isso, clique no link “Minha biblioteca”, no alto da página, à direita.

Eu comecei a minha hoje. Para acessá-la, clique aqui.