(Português) Desativação do portal de terminologia da Microsoft: será que agora é pra valer?

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

Colegas que atuam na área de localização nos últimos dias estão tomando um susto ao acessar o Portal de Terminologia da Microsoft, fonte de referência obrigatória pra gente. Pra quem não sabe, a terminologia da MS é considerada o padrão na hora de localizar sites e aplicativos em geral, e também de falar e escrever sobre eles.

Às vezes (nem pra todo mundo, nem toda hora) aparece esta mensagem:

O fato de a mensagem não aparecer toda vez que alguém acessa o site, além de rumores parecidos já terem circulado antes, está fazendo muita gente não botar muita fé que vai fechar mesmo.

Por via das dúvidas, dá pra baixar o banco de dados todo num determinado par e importar na sua CAT tool de estimação preferência.

Primeiro passo: download do glossário

Para isso, acesse a página de download, selecione o idioma para o qual você traduz e clique em “Baixar” (ou o equivalente no idioma que estiver usando).

O arquivo MicrosoftTermCollection.tbx vai ser baixado para a pasta que você escolher. O arquivo é relativamente pequeno, cerca de 20 MB.

Depois disso, basta importar essa termbase na sua CAT tool.

Segundo passo: importação na CAT tool

Para importar no memoQ:

Clique no ícone de caderno, no canto superior esquerdo da janela, para abrir o Resource Console.

No lado esquerdo da janela, clique em Term bases. Depois, embaixo, à esquerda, clique em Create new para criar uma nova TB (ou seja, glossário) vazia.

Dê um nome para essa TB (a minha será “Glossário Microsoft 2023”, mas você pode usar o nome que preferir) e marque os dois idiomas dela no painel à direita (a minha será EN-US – PT-BR). Por fim, clique em OK.

Sua TB está criada, mas está vazia.

Para importar o conteúdo do glossário que você baixou, clique em Import nas opções na parte de baixo da janela.

Localize aquele arquivo que você baixou do site da Microsoft e clique em Abrir/Open (conforme o idioma do seu sistema operacional).

No memoQ, a importação é direta, sem necessidade de conversão. Acredito que em outras CAT tools não deva ser diferente, considerando que a extensão .tbx é o formato padrão de interoperabilidade para glossários (assim como .tmx é o formato de interoperabilidade para TMs).

Depois da importação, o glossário agora tem 37.320 entradas (termos).

Cada termo aparece (no meu caso) em inglês e português, além de trazer uma definição dele em inglês.

Terceiro passo: não tem!

É só isso mesmo! O processo todo não deve levar mais de cinco minutos — e isso se a sua conexão for lenta e o computador for lerdinho! 😀

Agradeço um tantão se avisarem, nos comentários, se a importação também funcionou em outras CAT tools além do memoQ. 🙂

(Português) Vou usar o plugin do GT no memoQ e o cliente nem vai saber…

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

Lamento acabar com sua ilusão, mas o cliente tem como saber, sim. Acabei de perceber isso revisando um projeto no servidor. No meu caso não tem problema nenhum, mas alguns clientes proíbem (em contrato, inclusive) que o tradutor use o Google Tradutor nos projetos.

Na aba “Review” do painel de visualização (uso o memoQ 2013 R2) aparece a origem de cada segmento. Se ele veio da TM secundária do projeto (no caso, uma TM local minha), pode aparecer algo assim:

Screenshot 2014-03-12 17.07.09

Se o segmento vier do plugin do GT, aparece:

Screenshot 2014-03-12 17.02.46

Portanto, olho vivo quando trabalhar em servidor! Não sei se a TM exportada leva essa informação, mas não me surpreenderia.

(Português) Como configurar a segmentação por parágrafos no memoQ

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese.

Outro dia um colega perguntou como configurar o memoQ para importar um arquivo segmentando o texto por parágrafos, não por frases. Eu nunca precisei fazer isso, então não fazia ideia.

Fui fuçar e acabei descobrindo que é mais fácil do que eu pensava: basta criar uma nova regra de segmentação sem regra nenhuma!

Primeiro, clone a regra de segmentação padrão para o idioma original do texto (no meu caso, English – United States). Isso pode ser feito de duas formas:

1) Pelo Resource Console

Screen Shot 2013-03-22 at 9.40.27 AM

2) Com um projeto aberto, pelo painel à esquerda, em Settings > Segmentation rules (segundo ícone à esquerda)

Screen Shot 2013-03-22 at 9.35.59 AM

Clique em Clone/use new, dê um novo nome à regra e clique em OK.

Screen Shot 2013-03-22 at 9.36.45 AM

Depois, selecione a nova regra e clique em Edit.

Screen Shot 2013-03-22 at 9.37.56 AM

Apague todos os parâmetros do quadro Rules, depois clique em OK.

Screen Shot 2013-03-22 at 9.37.30 AM

Quando quiser segmentar um texto por parágrafo, selecione esta regra antes de importar o documento para o projeto.

RSS
Follow by Email
LinkedIn
Share