(Português) Pavlov e a concentração

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Já ouviu falar de Pavlov? Costumo dizer que a minha concentração é pavloviana. Muitas vezes, ela só dá as caras com um determinado conjunto de estímulos.

Ao longo do tempo, descobri que o ambiente ideal pra concentração se “manifestar”, quando anda meio ausente, é música new age nos fones de ouvido mais pomodoro (ou, como é carinhosamente chamado, “tomatada”). Talvez por ter usado essa dupla por muito tempo para trabalhar em dias de boa concentração, hoje ela “chama” a concentração passeadeira.

Então, fica a dica: se uma técnica ou um determinado ambiente funciona bem para você trabalhar, use-o sempre e condicione seu cérebro. Assim, quando precisar… Pavlov nele!

 

PS: Se precisar de uma trilha sonora para trabalhar, tenho algumas playlists no Grooveshark (new age, Yes, Jean Michel Jarre) (para mim, ajuda se a música for só instrumental). O Spotify também tem playlists para todos os gostos.

One Reply to “(Português) Pavlov e a concentração”

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.