(Português) iPad, e-book reader (qual?), Dell Inspiron… ó, dúvida cruel!

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Faz tempo que eu quero comprar um leitor de e-books. Tenho muitos textos em PDF e em outros formatos, mas ler no computador não é a coisa mais agradável do mundo. Já bastam as muitas horas que preciso passar em frente ao monitor, trabalhando.
Gosto muito do modelo da Sony, mas inicialmente havia só um modelo e o preço não era muito animador: 300 dólares. Este, aliás, era o preço de praticamente todos os leitores que vieram logo depois. Meu bolso se recusava a pagar, minha cabeça procurava motivos para [não] comprar.

O Kindle nunca me animou muito, mesmo depois da queda do preço, por causa daquela história de precisar mandar os arquivos em formato não-nativo por email para que fossem convertidos e devolvidos. Big Brother demais para o meu gosto.

Outro ponto negativo comum a todos os leitores é a falta de cores – pelo menos no monitor. Pensar em ler um livro ilustrado, seja ele qual for, em tons de cinza [não importa de forem zilhões de tons] não é lá muito animador.

Então chega a Apple e lança o iPad. Lindo, com tela sensível ao toque, colorido… e caro! Sim, ele pode rodar vários outros aplicativos. Sim, ele é mais leve que um computador. Mas ainda não é um computador, não tenho como trabalhar nele. É um dispositivo caro, com muitas funções, mas muitas dessas funções me são inúteis profissionalmente.

Semana passada, graças à colega Ieda Bispo, coloquei as mãos em um iPad. Nem preciso dizer que fiquei babando! Mas, infelizmente, ainda tem a questão do preço…

Para aumentar ainda mais minha indecisão, ontem vi o anúncio do Inspiron Duo, da Dell. Tem as mesmas vantagens do iPad, mais um diferencial único: vira um netbook! Ou seja, seria possível trabalhar nele, além de ler livros e jornais, ler e mandar emails e postar no Twitter. Falta só saber o preço do “brinquedo”, ainda não anunciado. Dizem que vai ser lançado até o fim do ano. A ver.

Resumo da ópera: o que é mais vantajoso, comprar um leitor dedicado, mais barato e sem possibilidade de ler em cores, ou comprar um aparelho mais completo, com mais funções, colorido e… bem mais caro?

Dúvidas, dúvidas, dúvidas…

7 Replies to “(Português) iPad, e-book reader (qual?), Dell Inspiron… ó, dúvida cruel!”

  1. Vi a notícia sobre o Inspiron Duo e fiquei babando. Eu, se fosse você, esperava por essa fofura.

  2. Sim, qual? Estou mais inclinada a comprar um e-reader (por ser menorzinho e, assim, mais prático para fins só de leitura) e um netbook e usar cada um para sua função, mas não é uma decisão definitiva (também já tive um iPad nas mãos nos EUA e é mesmo lindinho).

  3. Ai, estou com esta exata dúvida cruel no momento, mas é para um presente para o marido. Porque para mim eu já sei que quero o iPad, hehe, pq me serviria para viajar a trabalho e interpretar eventos, ver as apresentações, acompanhar os emails, etc. Só que como o precinho é sarrgado, vai ficar para o ano que vem, este ano é só o do maridão (mas qual, qual?!).

    1. Sem dúvida o iPad é mais útil na cabine que na tradução escrita – que é o meu caso. Se for comprar só leitor, ainda ficaria com o da Sony. Ou um que estão lançando agora, com tecnologia e-ink e tela flexível. Sim, parece que é dobrável! A Ana Luiza encomendou um na pré-venda, mas ainda não entregaram. Estou esperando ansiosamente a opinião dela, assim que chegar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.