Edição de textos no E71

Ontem fiz um teste importante: edição de texto no Nokia E71.

Terminei uma tradução de manhã, enviei para o cliente e fiquei esperando a planilha do controle de qualidade, com as alterações que deveriam ser feitas no texto. Só que chegou a tarde e a planilha não vinha. E eu tinha uma aula que não podia perder, do outro lado da cidade.

Solução: copiei o arquivo bilíngue do Wordfast para o celular e, no intervalo da aula, fiz as alterações usando o Quickoffice (que vem pré-instalado) e devolvi o arquivo bilíngue para o cliente, conforme combinado.

Mas atenção: é preciso muito cuidado para não apagar nem alterar os delimitadores dos segmentos, que não vão estar protegidos como no Word.

A estratégia funcionou no caso deste cliente específico, que manda uma planilha com as alterações. Se enviasse o próprio arquivo do Word com as alterações no “track changes”, ou se o projeto estivesse no MemoQ, por exemplo, não conseguiria alterar e devolver. Mas não deixa de ser uma alternativa viável para casos que exijam pouca digitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.