Mais uma opção de armazenamento “na nuvem”: Amazon Cloud Drive

Acabei de ler sobre o lançamento do Amazon Cloud Drive. No plano gratuito, 5 GB de armazenamento. Nos planos pagos, opções com 20, 50, 100, 200 GB e 1 TB, todos custando US$ 1,00/GB/ano.

O espaço do plano gratuito é bem maior que o do Dropbox, por exemplo, mas não conta (pelo menos ainda) com sincronização de arquivos. Para quem faz backup online, como eu, é definitivamente um ponto negativo. Também não parece ter recurso de compartilhamento de pastas. Ainda assim, pode ser uma alternativa interessante em determinados casos.

O acesso por dispositivos móveis ainda parece restrito. Consegui acessar facilmente pelo Safari do iPad, mas não pelo E71. Tentei com o navegador padrão e pelo Opera Mini, mas nenhum dos dois abre a página com a árvore de pastas e arquivos.

A interface é bastante simples de usar:

 

O lançamento da Amazon me faz imaginar se os concorrentes vão aumentar a oferta de armazenamento gratuito. E não podemos esquecer as novidades no MobileMe prometidas para abril. Será que vai mesmo ser gratuito? Também já ouvi falar em US$ 20,00/ano. Agora é esperar e ver o que acontece.

Nuvem, informação e networking

A Carol Alfaro escreveu um post muito interessante sobre networking e presença online, em resposta à convocação do English Experts aos blogs educacionais. A ideia do Alessandro foi excelente e eu assino embaixo do post da Carol. Ela consegue, quando quer, escrever verdadeiros “tratados” sobre um determinado assunto, puxando o fio da meada desde o comecinho, depois desenrolar tudo e finalizar com um lacinho. Definitivamente eu não tenho essa facilidade, então vou só complementar com alguns pontos.

A quantidade de informação que podemos obter via blogs é realmente absurda. Acessar um a um diariamente, procurando atualizações, é tarefa praticamente impossível. Uma maneira mais fácil de acompanhar vários blogs ao mesmo tempo é usar um reader, que concentra todos os blogs em um só lugar. Eu uso o Google Reader, pela facilidade de ser online, não precisar instalar nada e eu poder ler em qualquer computador ou pelo celular. A maioria dos navegadores e clientes de email também tem recurso semelhante. Procure por “rss feed”.

A presença online é indispensável hoje em dia. Mas, para ser um retorno positivo, é preciso prestar muita atenção à sua postura online. Escrevi brevemente sobre isso há alguns meses.

Resumindo: o mundo está mudando muito rapidamente, somos bombardeados com informações vindas de todos os lados, sobre todo tipo de assunto. Isso é excepcional, mas precisamos aprender a filtrar essas informações para não sermos soterrados por elas.

Outro ponto importantíssimo: o mundo virtual nada mais é que uma extensão do chamado mundo real, uma outra forma de convivência entre pessoas reais, de carne e osso. A internet não é um universo paralelo como os das histórias de ficção científica, com “leis universais” diferentes ou opostas às do nosso universo. Por trás de cada avatar existe uma pessoa de carne e osso. As regras de comportamento, educação e boa convivência que aprendemos na infância, que nossos pais e avós insistiam que seguíssemos à risca, também valem na internet. Principalmente se você quiser fazer dela seu local de trabalho.