Como ganhar mais com tradução – links da palestra do congresso da Abrates

Promessa é dívida, certo? Então aqui estão os links para os sites e programas mencionados na minha palestra do congresso da Abrates deste ano.

MT

 

ProMT

Systran

Tutorial do William Cassemiro para integrar ProMT e memoQ

Uwe Muegge: Twitter; LinkedIn

Kirti Vashee

Ricardo Souza

Slator

Ditado

 

Digitação por voz usando Google Docs

Digitação

 

Tutorial/medição

Teste de velocidade em vários idiomas

Agregadores

 

Feedly

Lista de blogs de tradução na Tradwiki (dica: fucem bastante na Tradwiki toda, tem um tesouro de informações ali!!)

Babylon

GoldenDict (tutoriais para instalação)

IntelliWeb Search

Copernic

FileLocator Lite (dica da Catia Santana durante a palestra)

Menos tempo perdido

 

Translation Office 3000 (tutorial da Patricia Souza)

IFTTT

GTD

 

Revista Metáfrase (o artigo sobre GTD sairá na número 5)

Blog Vida Organizada

Aplicativos para GTD

Tradcast sobre GTD

Todoist

Wunderlist

Foco

 

Pomodoro Technique

SelfControl (Mac)

Buffer

Hootsuite

Rescue Time

Playlists:

Xilepe mental

Xilepe mental forte

Xilepe clássico

It’s all about that jazz

Saúde

 

Workrave

Saúde em Tradução no Facebook

 

E por hoje é só, pessoal! 🙂

Atualização

Promessa é dívida, parte 2: a missão. Aqui estão os slides da palestra. 😉

Falsos cognatos e decalques na tradução médica – Abrates 2015

Os slides da minha apresentação no congresso da Abrates sobre decalques e falsos cognatos na tradução médica, em parceria com a Ju Samel, está logo aí embaixo.
Como prometido, as traduções e explicações dos termos estão nas notas. Para ver, clique na engrenagem logo abaixo da apresentação e depois em “Open speaker notes”. Aparecerá uma nova janela mais ou menos com esta cara (use o painel à esquerda para navegar pelas notas):

Screenshot 2015-06-11 15.33.28

A íntegra da resolução 196 do Conselho Nacional de Saúde, que eu mencionei várias vezes, está aqui (no formato PDF).

II Café com Tradução

cafecomtrad

Ano passado, aproveitamos a passagem por São Paulo de amigos que moram no exterior e nos reunimos para o que, inicialmente, seria um encontro de amigos para falar sobre tradução. Aí tivemos a idea de abrir o evento com uma previsão modesta, de 70 participantes, mas a procura foi tão grande que o “congressinho”, como o chamamos, acabou com 100 inscritos e fila de espera.

Resolvemos, então, fazer uma segunda edição voltada especificamente para iniciantes e estudantes de tradução.

Eu vou falar sobre CAT tools: o que são, para que servem, como funcionam, por que são importantes para nós, o que ganhamos com elas. Além de mim, também estarão lá:

André Faure – Sou gamer e adoraria traduzir games
Ricardo Souza – Tradutores e agências
Adriana Machado – Como trabalha um intérprete?
Cláudia Mello Belhassof – Dicas de português
Agata Souza – Quem manda aqui é você – Gestão de tempo para iniciantes
Beatriz Figueiredo – Mídia social é ferramenta comercial – também
Petê Rissatti – Produção editorial

Programa completo

No final do dia sortearemos brindes especialíssimos!

Está esperando o quê? Corre para fazer a sua inscrição, porque logo acabam as vagas!

(arte de Petê Rissatti)

7ª Conferência de Língua e Tecnologia – Nos vemos lá?

Dias 20 a 22 do mês que vem vou a Córdoba para a 7ª Conferência de Língua e Tecnologia organizada pela IMTT. Em português teremos sessões com Danilo Nogueira, João Roque Dias, Kelli Semolini, Marcelo Neves e Renato Beninatto (em ordem alfabética), além das sessões em espanhol e em inglês. Confira o programa, está bastante interessante.

E não tenho palavras para expressar minha satisfação por ter sido convidada como palestrante. E em dose dupla!

No sábado, dia 20, vou apresentar um seminário sobre liberdade de escolha do tradutor. Sou abertamente contra a política de certas agências de dizer qual ferramenta devemos usar para cada projeto. Nada contra o cliente pedir o arquivo em determinado formato, afinal tem o seu fluxo de trabalho, mas o tradutor é quem deve decidir qual ferramenta usar na tradução.

Mas, para poder tomar a melhor decisão, o tradutor precisa conhecer ao máximo cada ferramenta disponível, quais seus pontos fortes e fracos, qual a mais adequada a cada projeto.

Hoje em dia trabalho com o memoQ na maioria dos projetos. Assim, no workshop vou compartilhar algumas técnicas para converter arquivos, memórias e glossários de/para o memoQ e algumas outras ferramentas CAT.

Domingo, dia 21, minha palestra será sobre ferramentas de produtividade: OCR, backup, sincronização e compactação de arquivos, extensões para o navegador, ferramentas de pesquisa e terminologia – detalhes que podem aumentar muito a nossa produtividade no dia a dia tradutório.

 

E então, nos vemos lá? O prazo para inscrição com desconto termina hoje, 11 de julho.

 

Conferência virtual do Proz

Ainda dá tempo de se inscrever para a 2ª Conferência Virtual do Proz, que acontece amanhã durante todo o dia. Participei da primeira conferência, ano passado, e foi bem proveitosa. Se participar, não se esqueça de passar pelo estande da Multilingual Magazine. Ano passado deram assinaturas gratuitas (versão online), este ano já prometeram repetir a dose. Outros expositores costumam oferecer descontos para compra de software aos participantes do evento.

É uma maneira interessante de interagir em tempo real com colegas, fornecedores e possíveis clientes, além de aprender bastante nas palestras. Tudo isso sem sair de casa.

Nos vemos lá!