(Português) A tecnologia vai acabar com o Tradutor? – Abrates 2015

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Minha segunda palestra no congresso da Abrates deste ano foi sobre a postura do tradutor com relação à tecnologia. Muitos a veem como inimiga, mas eu prefiro considerá-la uma aliada poderosa.

Sugiro que abram as notas dos slides para que as imagens não sejam interpretadas fora do contexto da apresentação. É só clicar na engrenagem logo abaixo da apresentação e depois em “Open speaker notes”. Aparecerá uma nova janela mais ou menos com esta cara (use o painel à esquerda para navegar pelas notas):

Screenshot 2015-06-11 16.02.00

Links para sites mencionados na apresentação:

Uwe Muegge

ProMT

Systran

memoQ

Google Translate

Google Translate Toolkit

TO3000

Tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to (Português) A tecnologia vai acabar com o Tradutor? – Abrates 2015

  1. Roberto Bechtlufft says:

    Val, muitíssimo obrigado por compartilhar esse material. Muito interessante mesmo.

    Eu tenho um cliente que volta e meia me manda material para editar pós-MT. Às vezes dá vontade de rir, mas muitas vezes assusta mesmo. A qualidade está aumentando, e a sua palestra chamou a minha atenção para várias coisas relacionadas a MT que nunca tinham me ocorrido. Thanks!

  2. Pingback: My impressions on the VI Abrates Conference – Part 2 | Carol's Adventures in Translation

  3. Monica Reis says:

    Excelente palestra! Obrigada por compartilhar, Val.

  4. Gio Lester says:

    Maravilha, Val. Eu tenho que me atualizar tecnologicamente falando, principalmente no tocante a tradução. -Beijos e obrigada pela aula.

    • Val Ivonica says:

      Cinquenta minutos é pouquíssimo tempo pra falar tudo o que precisa ser dito, repetido e destacado com relação à tecnologia. Foi mais um apanhado geral com a mensagem: tecnologia não morde! Use e abuse! 😀

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *