Ivo Korytowski lança nova versão do glossário

Conhece o glossário técnico inglês-português do Ivo Korytowski? Se não conhece, corra e instale já, porque vale a pena. Ele foi desenvolvido para o Babylon, mas funciona perfeitamente no GoldenDict.

Baixe a versão nova (lançada em 2012) no site do autor.

O glossário é gratuito, mas o Ivo tem também vários livros editados sobre português e redação. Este outro site dele traz a lista dos livros com os respectivos preços. Já encomendei os meus.

Obrigada, Ivo, de coração. Mesmo sem saber, você me ajuda pelo menos uma vez por dia. 🙂

Sobre o Dicionário de Petróleo

Quando li sobre o lançamento do Dicionário do Petróleo em Língua Portuguesa, esta semana, confesso que fiquei animada. Trabalho bastante na área, principalmente na parte dos processos químicos, mas é uma área bastante complexa. Um dicionário que se proponha a cobrir as três variantes, do Brasil, de Portugal e de Angola, juntamente com o inglês, seria de grande valia.

Mas logo depois de comentar sobre o dicionário no twitter, o colega português João Roque Dias jogou um balde de água fria nas minhas esperanças. Disse que não era bem assim e que me enviaria comentários por email. Realmente enviou, no dia seguinte, mas eu estava com serviço até as orelhas e não tive tempo de postar anteontem nem ontem. O João Roque acabou publicando os comentários no Facebook, então acho mais fácil direcionar à fonte.

Nesse meio tempo, conversei com o também colega Ricardo Souza que, da mesma forma que o J. R. Dias, aconselha o dicionário para quem quer aprender mais sobre a área com a primeira parte do dicionário (PT>IN), mas não para quem só precisa de consultas rápidas ao glossário do final (IN>PT).

Eu confesso que ainda não peguei o dicionário para folhear e emitir uma opinião. Foi uma semana para lá de corrida, mas vou tentar achar um tempinho nos próximos dias. Assim que tiver algo mais a dizer, volto para complementar. Mas, como havia prometido a alguns colegas no twitter que ia repassar as informações que conseguisse, achei por bem já postar alguma coisa.

Coleções de glossários e dicionários online

Esses dias tropecei em algumas páginas com vários links para glossários e dicionários, em vários idiomas e assuntos:

Polyglot Blog

Encyberpedia

Language Automation

Terminology Collection

Medical Dictionary – YourDictionary.com

YourDictionary.com – Grammar

Ainda não consegui acessar todos (quase nenhum, na verdade), mas pretendo colocar todos no Delicious nos próximos dias.

Serendipity

Esta semana o Danilo Nogueira me perguntou, no twitter, se eu conhecia o MacHack. Como trabalho em um Mac achei que fosse algo específico para ele e que não conhecia. Logo depois recebo o arquivo por email. Abro e descubro que já conhecia, sim, mas com outro nome.

Eu costumava usar o Serendipity há algum tempo, mas ele se perdeu em alguma formatação de computador. Agora está bem guardado no HD externo (além da cópia que ficou no gmail), porque realmente vale a pena.

O funcionamento é bem simples: é uma página HTML que, aberta no navegador, traz campos para pesquisa de terminologia em glossários e definições (em português, inglês, espanhol e francês), usando o Google.

Acho que a melhor maneira de não esquecer dele é colocá-lo na barra de links, assim fica visível o tempo todo. Para isso, é só abrir a página no navegador e depois arrastar da barra de endereços para a barra de links. Ou salvar como favorito, como preferir.

Se ficou interessado, baixe o arquivo aqui (está hospedado no Fidus Interpres, do colega Fabio Said). É um arquivo minúsculo (8 kB), mas que ajuda bastante.

Ah, sim, um detalhe: repare na terceira opção do menu em português. “Caiu na rede, é peixe” não tem mesmo a cara do tradutor desesperado quando não acha o que precisa?

Delicious

Passei alguns dias sem escrever no blog por causa do excesso de trabalho, mas não quero deixar isso aqui parado por muito tempo.

A dica de hoje é um site muito bom para guardar bookmarks (links favoritos): o Delicious. Serve tanto como backup dos favoritos do seu navegador quanto para acesso remoto a partir de qalquer outro computador, ou mesmo do celular.

A organização é através de tags, permitindo usar mais de uma tag para cada link (mais eficiente que a classificação por pastas, típica dos navegadores). O campo de busca do site pesquisa também nos favoritos de outros usuários, depois pergunta se você quer incluir nos seus. Você pode ainda criar uma rede de contatos e compartilhar links interessantes com eles, além de decidir caso a caso se quer que os links sejam ou não compartilháveis.

Para usuários do Firefox, existe a extensão Delicious Bookmarks, que o integra ao Delicious.

E para os macqueiros, o add-on delimport inclui os links do Delicious nas pesquisas do Spotlight.

Os meus links no Delicious ainda estão bastante bagunçados, mas joguei lá (e por enquanto estão jogados mesmo, desculpem, mas tem faltado tempo para organizar) os glossários que fui encontrando pelos caminhos internéticos e os indicados por colegas. Só não garanto o funcionamento nem a qualidade de nenhum deles, alguns sequer acessei. Estão lá porque nunca se sabe o que o próximo projeto vai exigir…