E a Conferência do Proz?

Falta menos de um mês para a III Conferência Brasileira de Tradutores do ProZ.com no Rio de Janeiro! Vou estar lá mais uma vez, mas este ano minhas palestras serão um pouco diferentes.
Primeiro, porque vou falar sobre um assunto que me interessa há muito tempo, bem antes de virar tradutora: química. E sim, eu “virei” tradutora, porque não estudei para isso. Minha faculdade foi de química industrial, não letras nem tradução. Só comecei a traduzir muitos anos depois, por puro acaso, justamente nessa área. E não parei mais, nem pretendo parar tão cedo.
Segundo, porque vou falar sobre o memoQ. Mas desta vez com o aval e o apoio da Kilgray, o que significa bastante para mim. Representa mais responsabilidade, porque desta vez oficialmente falo em nome deles, e também um reconhecimento que me deixa satisfeita e orgulhosa.

Ainda dá tempo de se inscrever.

E então? Nos vemos lá?

Sobre a Conferência do Proz

Foi muito bom reencontrar amigos e colegas, conhecer outros com quem nunca tinha conversado, ou só conversava nas comunidades virtuais. Rir e conversar nos eventos paralelos depois das palestras, estreitar laços. Já foi o tempo em que “mundo real” e “mundo virtual” eram coisas absolutamente distintas, se é que algum dia foi assim. Para mim, um sempre foi meio que uma extensão do outro.

As palestras em si foram excelentes, com palestrantes competentes e programa bem escolhido (para minha área de atuação, pelo menos). Sei que muita gente sentiu falta de mais palestras na área literária, por exemplo, mas como não trabalho com isso eu, particularmente, gostei. Egoísmo? Pode até ser. 🙂

Aprendi muito sobre shipping e oil&gas com o Ricardo Souza, o palestrante recordista de posse de microfone no congresso, sobre tradução jurídica com a Ana Iaria, tradução médica com a Juliana Samel, sobre qualidade com Fuad Azzam, sobre clientes diretor de primeira linha com o João Vicente de Paulo. E finalmente consegui assistir a uma palestra do Roney Belhassof!

Resumo da ópera: saldo altamente positivo. Recomendo veementemente para quem não foi: tente participar dos próximos eventos e congressos. Você aprende muito, conhece muita gente e pode até sair do congresso com alguma parceria. Afinal de contas, cada colega pode ser um cliente em potencial.

Menos de um mês para a Conferência do Proz

Falta menos de um mês para a conferência do Proz. O programa está bem interessante, com boa variedade de assuntos: oil & gas, interpretação simultânea, ferramentas de tradução e produtividade, tradução audiovisual, jurídica, literária, médica, entre outros.

Consulte as informações sobre a conferência e o programa completo.

Nos vemos lá!