Como ganhar mais com tradução – links da palestra do congresso da Abrates

Promessa é dívida, certo? Então aqui estão os links para os sites e programas mencionados na minha palestra do congresso da Abrates deste ano.

MT

 

ProMT

Systran

Tutorial do William Cassemiro para integrar ProMT e memoQ

Uwe Muegge: Twitter; LinkedIn

Kirti Vashee

Ricardo Souza

Slator

Ditado

 

Digitação por voz usando Google Docs

Digitação

 

Tutorial/medição

Teste de velocidade em vários idiomas

Agregadores

 

Feedly

Lista de blogs de tradução na Tradwiki (dica: fucem bastante na Tradwiki toda, tem um tesouro de informações ali!!)

Babylon

GoldenDict (tutoriais para instalação)

IntelliWeb Search

Copernic

FileLocator Lite (dica da Catia Santana durante a palestra)

Menos tempo perdido

 

Translation Office 3000 (tutorial da Patricia Souza)

IFTTT

GTD

 

Revista Metáfrase (o artigo sobre GTD sairá na número 5)

Blog Vida Organizada

Aplicativos para GTD

Tradcast sobre GTD

Todoist

Wunderlist

Foco

 

Pomodoro Technique

SelfControl (Mac)

Buffer

Hootsuite

Rescue Time

Playlists:

Xilepe mental

Xilepe mental forte

Xilepe clássico

It’s all about that jazz

Saúde

 

Workrave

Saúde em Tradução no Facebook

 

E por hoje é só, pessoal! 🙂

Atualização

Promessa é dívida, parte 2: a missão. Aqui estão os slides da palestra. 😉

Slides e links da oficina de localização no Tradushow 2016

GALA – Globalization & Localization Association

Oficina de localização de jogos do Café com Tradução – o link se refere ao curso de agosto/2015, mas entrem em contato com a organização em caso de interesse em um novo curso

Multilingual Magazine

Multilingual Magazine jun/15, edição especial sobre jogos (PDF)

Multilingual Magazine sobre localização (PDF)

Game Localization (Benjamins Translation Library)

Slides e links da palestra no Tradusa 2016

Conforme prometido, aqui estão os slides da minha apresentação no Tradusa, na sexta-feira passada.

 

ProMT Professional (para usar com português é preciso selecionar a versão multilíngue)

ProMT Professional inglês-português

Fluxo de trabalho para integrar ProMT e memoQ do William Cassemiro

 

II Café com Tradução

cafecomtrad

Ano passado, aproveitamos a passagem por São Paulo de amigos que moram no exterior e nos reunimos para o que, inicialmente, seria um encontro de amigos para falar sobre tradução. Aí tivemos a idea de abrir o evento com uma previsão modesta, de 70 participantes, mas a procura foi tão grande que o “congressinho”, como o chamamos, acabou com 100 inscritos e fila de espera.

Resolvemos, então, fazer uma segunda edição voltada especificamente para iniciantes e estudantes de tradução.

Eu vou falar sobre CAT tools: o que são, para que servem, como funcionam, por que são importantes para nós, o que ganhamos com elas. Além de mim, também estarão lá:

André Faure – Sou gamer e adoraria traduzir games
Ricardo Souza – Tradutores e agências
Adriana Machado – Como trabalha um intérprete?
Cláudia Mello Belhassof – Dicas de português
Agata Souza – Quem manda aqui é você – Gestão de tempo para iniciantes
Beatriz Figueiredo – Mídia social é ferramenta comercial – também
Petê Rissatti – Produção editorial

Programa completo

No final do dia sortearemos brindes especialíssimos!

Está esperando o quê? Corre para fazer a sua inscrição, porque logo acabam as vagas!

(arte de Petê Rissatti)

Pós-conferência: Proz

A Conferência do Proz, que ocorreu no Rio no último fim de semana, representou algumas “primeiras vezes” para mim. As duas mais importantes foram:

1) Foi a primeira vez que falei sobre um assunto não relacionado a tecnologia ou produtividade. Fiquei surpresa com o público da minha palestra sobre química. Sinceramente, não esperava tanta gente. E, o melhor de tudo, eram participantes, não apenas ouvintes. Vou postar todos os links que prometi entre hoje e amanhã, ok?

2) Foi a primeira vez que representei oficialmente a Kilgray, do memoQ, em um evento. Estava bastante nervosa com essa responsabilidade. No fim, deu tudo certo. E ainda aprendi alguns truques que não conhecia! Valeu pelas dicas, Daniel e Ricardo. Vou colocá-las em prática já no próximo projeto.

 

O que não foi novidade na conferência: programa diversificado e interessante, ótimos palestrantes e o contato com os colegas. É sempre muito, muito bom encontrar os amigos e colegas nos eventos. Tradutor é meio “bicho do mato”, trabalha fechado em casa, então quando tem uma oportunidade de sair e se reunir não pode desperdiçar! Infelizmente não pude ficar mais tempo no Rio, estava divertido demais.

Obrigada a todos! E um agradecimento especial ao Filipe Alverca (vulgo @falverca), pela organização primorosa e pelo carinho.