Slides e links da oficina de localização no Tradushow 2016

GALA – Globalization & Localization Association

Oficina de localização de jogos do Café com Tradução – o link se refere ao curso de agosto/2015, mas entrem em contato com a organização em caso de interesse em um novo curso

Multilingual Magazine

Multilingual Magazine jun/15, edição especial sobre jogos (PDF)

Multilingual Magazine sobre localização (PDF)

Game Localization (Benjamins Translation Library)

Slides e links da palestra no Tradusa 2016

Conforme prometido, aqui estão os slides da minha apresentação no Tradusa, na sexta-feira passada.

 

ProMT Professional (para usar com português é preciso selecionar a versão multilíngue)

ProMT Professional inglês-português

Fluxo de trabalho para integrar ProMT e memoQ do William Cassemiro

 

Programa de mentoria da Abrates

A Abrates lançou oficialmente, hoje, o programa de mentoria da associação. Não vou descrever pormenores, porque é mais fácil ler tudinho no site, mas gostaria de dizer que sou voluntária no primeiro grupo de mentores. E por quê? É muito simples, na verdade. Porque eu acredito que ensinar o caminho das pedras pra quem está começando é uma excelente maneira de nivelar por cima a qualidade dos meus colegas e do mercado. Eu e muitos outros fazemos isso informalmente há anos, desde as listas do Yahoo e da comunidade do Orkut até hoje, nos grupos do Facebook. Fazemos isso quando viajamos pra palestrar em congressos. Por que não continuar fazendo num programa formal de mentoria?

Por que não ensinar coisas que não aprenderam na faculdade, como a maioria dos detalhes mais burocráticos da nossa profissão? Como negociar com clientes, como fazer orçamentos e invoices, como receber? Como aprender a dizer um não firme e educado pros clientes.

Ninguém nasce sabendo, isso é fato. E o mercado tem espaço de sobra pra bons tradutores. Se eu vou ter concorrentes, quero que eles sejam bons no que fazem. Acredito, muito polianicamente, que encher o mercado de bons tradutores vai, com o tempo, eliminar os aventureiros, aqueles que não sabem cobrar, oferecem um serviço ruim e acostumam mal os clientes.

Um mercado com profissionais de qualidade é vantajoso pra todos, tradutores e clientes.

 

Conheça mais sobre o programa de mentoria no site da Abrates e curta a página do Caminho das Pedras no Facebook.

Curso presencial de memoQ em São Paulo este mês

Finalmente saiu do forno o curso de memoQ que vivem me pedindo, e em grande estilo: numa parceria com Kilgray, Abrates e Café com Tradução.

Será presencial, em São Paulo, dias 25 e 26 de fevereiro. Como queremos grupos pequenos para maximizar o aproveitamento, teremos duas turmas paralelas: uma comigo, outra com o Reginaldo Francisco. Cada um de nós vai dar os dois cursos: básico de manhã, avançado à tarde – é muita informação para absorver, então é mais prático aprender o básico, usar a ferramenta por um tempo e depois aprender os recursos avançados. Não se preocupem, vai ter repeteco do curso em breve. 😉

Mais informações e inscrição em Café com Tradução – curso de memoQ

Ah, cada aluno deve levar seu laptop com memoQ instalado. Se não comprou a licença ainda, sugiro instalar logo antes do curso, para poder aproveitar e treinar durante o período grátis. Baixe o aplicativo aqui (site oficial do memoQ). Para informações sobre como instalar e ativar o memoQ, baixe o guia rápido de instalação.

artememoQ_anverso artememoQ_verso

Ideias para palestras em 2016

2016 começou com força total! Vários eventos já abriram o envio de propostas, então minha primeira pergunta do ano é: o que vocês gostariam de ver nas minhas palestras este ano? Dentro das minhas especialidades, claro, porque nunquinha vou ficar lá na frente pra falar do que eu não sei ou sei pouco. 😀

Então, dentro das áreas da porquinha prática aqui – tecnologia, localização, química, medicina, produtividade, postura profissional – quais as suas sugestões?